3826-3678 | 3826-5079        drguedes@drguedes.med.br

  • Se eu tenho um caso de Aneurisma na família, preciso me prevenir?

    Por fistem | 20 de abril de 2016

    A história familiar é muitas vezes fortemente positiva. Um total de 15% dos portadores da doença têm parentes diretos com essa dilatação em artérias cerebrais. Quem tem história de aneurisma na família deve passar no médico periodicamente para rastrear o risco de surgimento de eventuais dilatações. É recomendado ficar atento a sintomas neurológicos súbitos, como: dor de cabeça muito forte e contínua, acompanhada de vômitos e alteração do nível de consciência, requer esclarecimento médico imediato.